Bibliotecas Parque

As Bibliotecas Parque do Rio de Janeiro, originalmente situadas nos bairros do Centro, Manguinhos, Rocinha e Niterói foram concebidas pela Secretaria de Cultura do Estado para oferecer acesso público a um acervo de mais de 260 mil livros de ficção e não-ficção, livros de arte, quadrinhos, biblioteca infantil, 20 mil filmes.

 O IDG esteve à frente da gestão de todas as unidades de 2014 a 2016 ajudando a desenvolver atividades diversificadas que ampliaram o alcance e trouxeram novos públicos para os espaços consolidando a identidade das Bibliotecas Parque do Rio como espaços de integração, inclusão sociais e de experiências culturais e de preservação da memória.

Em quase três anos de operação, mais de 2 milhões de usuários frequentaram as Bibliotecas Parque. Todos os dias, garantimos acesso a livros, vídeos e palestras e também ampliamos a programação com uma programação diversificada de debates, peças teatrais, equipando os espaços ainda com estúdios e cursos de formaçãodisponíveis a um público de aproximadamente quatro mil visitantes/dia de todas as classes sociais e localidades, de doutorandos a pessoas em situação de rua, estudantes e comerciantes do Saara. Foram mais de 78 mil usuários cadastrados, mais de 230 mil livros emprestados e muitas histórias transformadoras e comoventes para contar.